Relatório Anual Natura 2012: a caminho da comunicação integrada de resultados financeiros, sociais e ambientais

A Natura apresenta seu principal instrumento de comunicação de resultados à sociedade: o Relatório Anual 2012. Essa é a 13ª edição da publicação na versão G3.1 da Global Reporting Initiative (GRI) e a primeira alinhada às diretrizes do International Integrated Reporting Committee (IIRC), que serão lançadas no final do ano e procuram favorecer a análise conjunta do desempenho econômico, financeiro, social e ambiental. Todo o conteúdo foi auditado pela Ernst & Young Terco.
Ainda mais conciso e objetivo, e com linguagem jornalística, o relatório inclui entrevistas com especialistas nacionais e internacionais. O relacionamento com os diversos stakeholders da Natura – colaboradores, consultoras e consultores, consultoras orientadoras (CNOs), consumidores, fornecedores, comunidades fornecedoras, comunidades do entorno, acionistas e governo – é detalhado no decorrer de todo o relato. Um estímulo ao engajamento e diálogo qualificado e transparente com todos os públicos.
Neste ano, os temas prioritários de sustentabilidade foram privilegiados, ou seja, os tópicos da matriz de materialidade, resultado de um processo coconstrutivo que cruza os temas socioambientais mais relevantes para a Natura e seus stakeholders.
Para reforçar o conceito de conectividade das informações, a empresa reformulou o site do Relatório Anual (http://www.natura.net/relatorio) e a nova versão dispõe de recursos como vídeos e links para outras publicações da Natura. Com proposta dinâmica, o site será atualizado ao longo do ano, transformando a comunicação de resultados em oportunidade de aprendizado contínuo. No mesmo endereço, é possível encontrar o arquivo completo do Relatório Anual para download, com o detalhamento dos mais de 100 indicadores que direcionam a performance da Natura.
Pioneira em relato na América Latina, a Natura segue as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI) desde 2000, antes mesmo da abertura de capital da empresa em 2004. Há 11 anos, publica os relatórios de sustentabilidade e o financeiro em um único documento. Para aprender mais sobre o tema, a empresa participa dos principais fóruns mundiais que discutem a questão. Alinhada a essas iniciativas, a Natura patrocina o desenvolvimento da quarta geração de indicadores GRI, cuja primeira versão tem lançamento previsto para maio deste ano.
Sobre a Natura
Fundada em 1969, a Natura é a maior fabricante brasileira de cosméticos e produtos de higiene e beleza e líder no setor de venda direta no Brasil, com uma receita líquida anual superior a R$ 6,3 bilhões.  A companhia conta com quase 7 mil colaboradores, que atuam nas operações do Brasil, Argentina, Chile, México, Peru, Colômbia e França. A paixão pelas relações fez a companhia adotar a venda direta como modelo de negócios e atualmente reúne mais de 1,573 milhão de consultoras, que disseminam a proposta de valor da empresa aos consumidores.
A Natura acredita na inovação como um dos pilares para o alcance de um modelo de desenvolvimento sustentável. No ano passado, destinou R$ 158,9 milhões em inovação e lançou 104 itens. Este investimento fez com que a empresa atingisse um índice de inovação, percentual da receita proveniente de produtos lançados nos últimos dois anos, de 67,2%. Por conta da atuação consistente ao longo de anos num comportamento empresarial alinhado com a sustentabilidade, a Natura foi eleita, pelo segundo ano consecutivo, como a segunda empresa mais sustentável do mundo – e primeira do hemisfério sul – no ranking Global 100, da organização canadense Corporate Knights.
Informações à imprensa

Burson-Marsteller BrasilThaís Télis (11) 4446.3961 thais.telis@bm.com Aline Veríssimo | (11) 3094.2276 aline.verissimo@bm.com Cinthia Rodrigues | (11) 3040.2417 | cinthia.rodrigues@bm.com Gabriela Hopf | (11) 3094.2240 ramal 2435 gabriela.hopf@bm.com