TÔ NO CLIMA PARA SALVAR O PLANETA REUNIU NO PARQUE DO IBIRAPUERA ARTISTAS, POLÍTICOS, ONGs E A SOCIEDADE

A fim de discutir e agir pelo clima mundial, o evento TÔ NO CLIMA PARA SALVAR O PLANETA levou ao parque mais de 10 mil pessoas. O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, participou do evento e anunciou que o presidente Lula vai sancionar nesta semana o Fundo Nacional sobre Mudança do Clima, que vai alavancar recurso para ser usado em ações de combate às mudanças climáticas.

No último domingo (6), cerca de 10 mil pessoas participaram gratuitamente do evento TÔ NO CLIMA PARA SALVAR O PLANETA, que aconteceu no Parque do Ibirapuera. Organizado pela campanha global de ações pelo clima TicTacTicTac, o evento, além de oferecer pocket-shows de Gabriel, O Pensador, Mariana Aydar, Zélia Duncan e Simoninha, contou com a participação de líderes políticos e representantes da sociedade civil e depoimentos de famosos, como Marcos Palmeira, Regina Casé, Malu Mader, Marcelo Tas, Hélio de La Peña, assim como atividades lúdicas e educacionais na marquise do parque.

O principal objetivo do evento foi mobilizar a sociedade brasileira a fim de pressionar líderes nacionais e globais para que não seja adiado o compromisso de firmar um novo acordo climático global durante a 15ª Conferência das Partes da Convenção do Clima (COP-15), que começou ontem (7) em Copenhague, na Dinamarca. Tal objetivo ainda está sendo alcançado, além das assinaturas recolhidas pelas ONGs no domingo, o site http://WWW.tonoclima.org.br, ou no http://WWW.tictactictac.org.br

Durante sua participação no evento, o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, anunciou que o presidente Lula vai sancionar esta semana o Fundo Nacional sobre Mudança do Clima. Minc elogiou a campanha TicTacTicTac e disse que a mobilização popular foi fundamental para que o Brasil definisse metas de redução de emissões de gases de efeito estufa, e ressaltou que é importante a população continuar cobrando medidas contra o aquecimento global. “O Brasil assumiu metas fortes. Isso foi graças à mobilização da população, cientista e ambientalistas”, destacou. Ainda em seu discurso, o ministro elogiou o estado e município de São Paulo e o município do Rio de Janeiro pela elaboração de seus planos de redução de emissão de gases.

“O domingo no Parque do Ibirapuera foi especial. O clima ajudou e nos concedeu um lindo dia de sol. As famílias compareceram aos shows e a criançada se divertiu nos estandes das ONGs com muitas atividades com o foco na responsabilidade social pelo clima do planeta. Esse é o espírito, unir as pessoas com uma mensagem positiva, e com isso todos se envolvem e acabam passando o recado adiante”, declara Aron Belinky, coordenador executivo da campanha TicTacTicTac no Brasil.

Apesar de o clima ter sido de descontração, a situação do planeta é muito séria. Para evitar as piores conseqüências das mudanças climáticas, é preciso começar a construir uma economia de baixo carbono, ou seja, uma economia com reduções drásticas das emissões dos gases que agravam o efeito estufa. Nesse sentido, governos de todo o mundo negociam as bases do novo acordo climático. Entre os pontos fundamentais desse novo acordo, estão: a definição de metas de redução de emissões de gases de efeito estufa para as principais economias do mundo e mecanismos de financiamento para ajudar países em desenvolvimento, especialmente os mais pobres, a se preparar e se adaptar às mudanças climáticas.

“A ideia de realizar um evento desse porte e totalmente gratuito vai ao encontro do objetivo da TicTacTicTac, que é provocar o envolvimento social sobre a questão climática mundial. As pessoas têm que decidir sobre o seu futuro e o futuro das próximas gerações. Não há mais tempo a perder”, completa Belinky.

O evento teve o apoio da Prefeitura de São Paulo, Secretaria do Verde e do Meio Ambiente do Município de São Paulo, Auditório Ibirapuera, Natura e Rádio Eldorado.

Realização: Campanha TicTacTicTac
Produção: Dream Factory
Produção musical: Carlos Renno

Organizações participantes do evento e as atividades desenvolvidas:
Matilha Cultural (lounge audiovisual com exibição de filmes sobre mudanças climáticas),
Peirópolis (mini-biblioteca com livros do catálogo da Editora Peirópolis e contadoras de histórias da Cia Conto em Cantos),
Observatório do Clima (coleta de depoimentos para a campanha 1 Minuto pelo Clima),
WWF Brasil (ferramenta para medir a pegada ecológica, que é uma metodologia que permite calcular, com base em um questionário, o rastro que cada pessoa deixa no meio ambiente em razão do seu padrão de consumo e de vida),
Pintando o Futuro (pinturas faciais para crianças com motes da fauna e da flora),
Movimento Nossa Sao Paulo (distribuição de material informativo sobre os principais trabalhos do movimento, criado com o propósito de transformar São Paulo em uma cidade segura, saudável, bonita, solidária e realmente democrática),
IDEC (divulgação de material informativo da campanha Mude o Consumo para Não Mudar o Clima),
Akatu (instalação de um carro de lona — inflado — conectado a um arco-íris também de lona, porém vazio, esparramado no chão. A idéia é mostrar que o uso mais intenso dos carros representa menos ar limpo),
Cyclophonica (performance de músicos-ciclistas, que usaram máscaras respiratórias, capacetes de Darth Vader (StarWars), máscaras de líderes e celebridades mundiais).

SOBRE A CAMPANHA TICTACTICTAC

Lançada no primeiro semestre de 2009, a Campanha TicTacTicTac é conduzida por um grupo composto por entidades sociais e ambientais de renome no Brasil e no exterior: Avaaz, Greenpeace, Idec, Inesc, Oxfam, Vitae Civilis e WWF-BR. É respaldada também por um Conselho Consultivo múltiplo, formado por personalidades e organizações brasileiras, como os institutos Ethos e Akatu, o Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (FBOMS), o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), a Comissão das Pastorais Sociais da CNBB etc.

A Campanha TicTacTicTac é uma mobilização mundial para reforçar a importância e a urgência de combater as mudanças climáticas e seus efeitos. A iniciativa reúne pessoas físicas e jurídicas, ONGs e grupos sociais, religiosos, profissionais e empresariais que reivindicam um acordo ambicioso, justo e comprometido na 15ª Conferência das Partes (COP-15) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, que reunirá os governos mundiais de 7 a 19 de dezembro de 2009, em Copenhague, na Dinamarca.

A campanha enfatiza que em Copenhague não se espera uma solução para todos os problemas, em todos os detalhes. “Isso é um trabalho de anos, com muitos pontos a serem resolvidos técnica, econômica e politicamente. O que não podemos perder é a ocasião de definirmos bases firmes – justas, ambiciosas e comprometidas – sobre as quais empresas, políticos, cientistas e a sociedade possam trabalhar nos próximos anos”, comenta Aron Belinky, coordenador executivo da campanha no Brasil.

Para garantir a mobilização em todo o país, a Campanha está recolhendo assinaturas que serão encaminhadas ao presidente Lula. A participação pode ser feita também online através do site http://www.tictactictac.org.br. Todas as assinaturas são incluídas no banco de dados mundial, que já ultrapassou 10 milhões de integrantes. No Brasil já foram colhidas 170 mil assinaturas.

INFORMAÇÕES SOBRE “TÔ NO CLIMA”:
Ana Paula Parolo (ana.parolo@approach.com.br)
(11) 3846-5787 / 7130-2488
http://www.approach.com.br

INFORMAÇÕES SOBRE A TICTACTICTAC:
Veronica Marques- (21) 9981-0211, veronicamarques@gmail.com
Viviane Moura – (21) 7849-6458, vcmoura@yahoo.com.br