Marcado como: edgar morin Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • 9 ago

    “Cidades Afetivas” promove aula aberta no próximo sábado em São Paulo 

    Aula Aberta na Àgora!

    No próximo sábado dia 11 de agosto acontecerá em São Paulo uma aula aberta na Praça Oswaldo Cruz com a participação de coletivos. “A ideia é compartilhar as observações relativas ao bem viver, convivialidade e a vida em comum presentes nas atuações dos coletivos de diferentes naturezas no contexto urbano e suas atuações-manifestações-performances políticas, culturais e artísticas que vem ocorrendo nas cidades”, afirma Vivian Blaso idealizadora do “Cidades Afetivas”, Doutora em Antropologia, pesquisadora no Complexus Núcleo de Estudos da Complexidade na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, autora do livro: Cidades em Tempos Sombrios: Barbárie ou Civilização.  Sydney Cincotto Júnior, Doutor em Antropologia e pesquisador no Complexus Núcleo de Estudos da Complexidade na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo um dos idealizadores do projeto irá fazer uma breve exposição apresentando as principais reflexões desde do início das pesquisas, resultados de algumas publicações cientificas e participações em congressos.

    “Cidades Afetivas”, é um observatório das manifestações afetivas que vem ocorrendo nas cidades. Uma cidade afetiva aposta no resgate das relações comunitárias e na arte de viver juntos, que possibilitam aos humanos cuidar uns dos outros, do meio em que vivem, da natureza e, por extensão, de todo planeta.

    A aula aberta faz parte da Semana do Caminhar – http://bit.ly/semanadocaminhar2018 idealizado pela ONG SampaPé.

    Serviço:

    Aula Aberta: “Cidades Afetivas uma via convivialista para o bem viver”

    Data: Sábado dia 11 de Agosto

    Horário: 10:00 às 11:30

    Local: Praça Oswaldo Cruz, São Paulo (próximo estação de metrô Brigadeiro)

    Gratuito

    Sobre o evento: https://www.facebook.com/events/482465632199636/

    Informações para imprensa

    contato@conversasustentavel.com.br

     
  • 17 jul

    Convite: aula aberta na Casa do Saber 

    Cidades Afetivas e a Sociedade do Cansaço Edgar Morin, Byung-Chul Han e Michel Serres com Vivian Blaso

    As cidades são sistemas abertos: sua dinâmica emite e recebe mensagens, e é neste contexto que o homo urbanus afeta e é afetado. As suas vivências e experiências refletem a sociedade do cansaço. Eros agoniza! Nas cidades, o homem contemporâneo significa e ressignifica o seu sentido de existência no mundo. Compreender as cidades a partir do homo urbanus traz o desafio de sair da posição de sujeitos passivos, permitindo a compreensão das subjetividades e das intermitências da alma que transitam entre o homo sapiens demens e o homo urbanus.

    O encontro coloca um diálogo entre três grandes pensadores dos dias atuais: Edgar Morin, Byung-Chul Han e Michel Serres. São eles que norteiam as reflexões sobre cidades e afetividades, sociedade do cansaço e agonia de Eros, natureza e cultura. No encontro, a professora apresenta o seu trabalho “Cidades Afetivas”, mostrando como os afetos conduzem as possibilidades de reconhecimento de si e do outro a partir do processo evolutivo do homem no espaço urbano.

    A aula aberta é gratuita e destinada a apresentar um novo professor ao público da Casa do Saber e, para os novos alunos, é também uma oportunidade de ter contato com o ambiente e a dinâmica das aulas. O tema, geralmente panorâmico, serve como uma porta de entrada para assuntos a serem aprofundados em um futuro curso ministrado pelo professor da aula aberta.

    Inscrições no site: https://casadosaber.com.br/sp/checkout/cart/

     
  • 12 abr

    Inscreva-se no Canal Cidades Afetivas e acompanhe as novidades 

    Cidades Afetivas é um observatório dos movimentos afetivos nas cidades. Um resgate atropoético do bem viver. Atuamos com a religação dos saberes, olhamos para a cidade como flâneurs contemporâneos e das nossas vivências relatamos as experiências e transformamos em conhecimentos. Compartilhamos ideias, tecemos redes conectivas em busca de vias transformadoras e regeneradoras do pensamento. Acreditamos que a melhor forma de compreender quem somos, de onde viemos e para onde vamos é nos deixar levar pelo #viverascidadesSydney Cincotto Junior e Vivian Blasohttp://www.cidadesafetivas.com.br/

    Inscreva-se em nosso Canal Cidades Afetivas 

     
  • 13 set

    Convite! Lançamento do Livro: Conexões Da Vida. Uma Antropologia da Existência. Edgard de Assis Carvalho 

     
  • 9 ago

    Convite para o lançamento do livro: Conexões da Vida: Uma antropologia da existência do Professor Edgard de Assis Carvalho 

    No dia 12 de agosto em Natal (RN) será realizado o lançamento do livro: Conexões da Vida: Uma antropologia da existência do Professor Edgard de Assis Carvalho, Professor Titular do Departamento de Antropologia na empresa Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e coordenador do Complexus Núcleo de Estudos da Complexidade. Vida e obra entrelaçadas em uma antropologia da existência.

      

     
  • 11 jun

    Complexus Núcleo Apresenta: VXIII Películas e Ideias – Imagens nas Cidades 

    Poderíamos ser felizes mesmo na Paris dos anos 1960?

    O filme: Crônica de um verão foi dirigido por Edgar Morin  e Jean Rouch. A obra, premiada no Festival de Cannes de 1961, é considerada fundadora do movimento chamado “cinema-verdade”. Após a exibição do filme será realizado um debate com os Professores Edgard de Assis Carvalho, Representante da Cátedra itinerante da Unesco Edgard Morin,  professor titular de Antropologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Coordenador do Núcleo de Estudos da Complexidade e  Edmilson Felipe, professor assistente doutor e Chefe do Departamento de Antropologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Participa do Núcleo de Estudos da Complexidade, psicanalista e escritor.

    Data: 23 de junho

    Horário: 14h30 às 17h30

    Local: Auditório 100 PUC/SP. Rua  Monte Alegre, 984

    Evento gratuito!

    Vagas limitadas

    Site: http://www.complexusnucleo.com/

     
  • 4 jun

    Cidades em Tempos Sombrios. Barbárie ou Civilização traz os desafios das cidades inteligentes 

    Cidades em Tempos Sombrios. Barbárie ou Civilização propõem um olhar reflexivo sobre as cidades e o estilo de vida de seus habitantes. A obra está organizada em cinco metatemas: Sustentabilidade, Consumo e Meio Ambiente, Tecnologias Sustentáveis, Smart Cities e Estilo de Vida nas Cidades Inteligentes e sugere aos leitores buscar  caminhos que possam transformar  a qualidade de vida, resgatar a empatia, a fraternidade, o reconhecimento, a afetividade, bases fundamentais de uma política de civilização planetária baseada na colaboração efetiva das culturas do mundo. O livro já está disponível  no site da Paco Editorial https://www.pacolivros.com.br/Cidades_em_Tempos_Sombrios/prod-4787970/

    Sobre a autora:

    Vivian Blaso – Doutora em Ciências Sociais (Antropologia) PUCSP. Especialista em Gestão Responsável para Sustentabilidade pela Fundação Dom Cabral. Especialista em Gestão Estratégica de Marketing UFMG Universidade Federal de Minas Gerais. Sócia na Agência Conversa Sustentável. Life e Leader Coach pela SLAC Coaching. Certified Practitioner (PNL) pela Master Solution Institute. Professora na FGV-EAESP -Escola de Administração de Empresas de São Paulo, FAAP – Fundação Armando Álvares Penteado, Mackenzie – Universidade Presbiteriana Mackenzie. Pesquisadora no Complexus – Núcleo de Estudos da Complexidade na PUCSP. Linha de pesquisa: Diversidades Culturais e Pensamento Complexo.

     
  • 13 maio

    LANÇAMENTO: CIDADES EM TEMPOS SOMBRIOS. BARBÁRIE OU CIVILIZAÇÃO. 

     Organizado em cinco metatemas: Sustentabilidade, Consumo e Meio Ambiente, Tecnologias Sustentáveis, Smart Cities e Estilo de Vida nas Cidades Inteligentes. A obra conta com o prefácio de Edgard de Assis Carvalho, Professor Titular no Departamento de Antropologia na PUC/SP e coordenador do Complexus – Núcleo de Estudos da Complexidade. As ilustrações são do Designer Filipe Peçanha Di Domenico já o poema: “Sou Arte”!  foi inspirado no Grafite do artista Michel Candido (Saci), após uma visita da autora ao Beco do Batman. “Quando eu vi o grafite do Saci Michel, imaginei que seria uma capa provocativa para o livro porque o grafite representa a importância de reestabelecermos a conexão da arte com os diálogos no espaço público das cidades”, afirma Vivian Blaso.

    A sessão de autógrafos do livro será no dia 01 de junho às 19horas na Livraria da Vila, em São Paulo.

    Sobre a autora: Professora Vivian Blaso, Doutora em Ciências Sociais (Antropologia) PUCSP. Especialista em Gestão Responsável para Sustentabilidade pela Fundação Dom Cabral. Especialista em Gestão Estratégica de Marketing UFMG Universidade Federal de Minas Gerais. Sócia na Agência Conversa Sustentável. Life e Leader Coach pela SLAC Coaching. Certified Practitioner (PNL) pela Master Solution Institute. Professora na FGV-EAESP- Escola de Administração de Empresas de São Paulo, FAAP – Fundação Armando Álvares Penteado, Mackenzie – Universidade Presbiteriana Mackenzie. Pesquisadora no Complexus – Núcleo de Estudos da Complexidade na PUCSP. Linha de pesquisa: Diversidades Culturais e Pensamento Complexo. Sócia na Agência Conversa Sustentável.

    Serviço:

    Lançamento: 01/06/2017

    Horário: 19horas

    Local: Livraria da Vila. Fradique Coutinho, 915

    Informações para imprensa:

    E-mail: contato@conversasustentavel.com.br

     
  • 14 nov

    Cidades inteligentes: polissemias urbanas e pensamento complexo 

    ACESSE AQUI: Cidades inteligentes: polissemias urbanas e pensamento complexo

    Este trabalho avalia os aspectos da Produção, Consumo e MeioAmbiente durante os periodos marcados pelos alertas da ONU entre 1972-Conferencia de Estocolmo, 2012- Rio +20 e 2015- COP21 em Paris. 0 pensamento complexo de Edgar Morin percorre essa trajetória, em que foram necessários os esforços da religião de saberes: engenharias, tecnologias smarts, comportamento dos consumidores, cidades inteligentes, sustentabilidade, meio ambiente, redes e outros que estao ocultos e que procuramos desvendar. Esstruturado em cinco metatemas:Sustentabilidade, que discorre sobre a genealogia do conceito e as dimensoes incorporadas por empresas, govemos, ONU e a sociedade civil; Consumo e Meio Ambiente, que aponta quem é o consumidor na sociedade contemporânea e apresenta como a nossa relação com o consumo foi transformando os nossos modos de viver e habitar; Tecnologias Sustentáveis, Smart Cities e Estilo de Vida nas Cidades lnteligentes,relatados por meio dos estudos de casos e entrevistas com o intuito de apontar o que falta neste percurso para que realmente as tecnologias contribuam com a sustentabilidade nas cidades.Na intenção de ampliar a visão e as percepção dos leitores, utilizamos o recurso da intertextualidade-recursos visuais, infográficos, contos e crônicas, que misturam ficção e fotografias, e o vídeo “Cidades lnteligentes: transformações em curso – para aproximar o leitor das diversas narrativas da sustentabilidade na contemporaneidade.

    Autor: César, Vivian Aparecida Blaso Souza Soares 
    Primeiro orientador: Carvalho, Edgard de Assis

    Acesse o vídeo:

     
  • 19 out

    Convite – Leitura de Poemas 

    self - imagem-conviteUma das propostas do pensamento complexo é a religação dos saberes:artes/música/ literatura/filosofia/poemas. Edgar Morin um dos pensadores mais importantes da contemporaneidade influencia a obra do Professor e Escritor Edmilson Felipe. Com prefácio de Edgard de Assis Carvalho Um Self no Cadafalso é um convite para refletirmos o significado do Self no contemporâneo. No dia 06 de novembro faremos a leitura dos poemas na PUCSP na sala 315. Atividade organizada pelo Complexus  – Núcleo de Estudos da Complexidade.

     
c
Compor novo post
j
Próximo post/próximo comentário
k
Post anterior/comentário anterior
r
Responder
e
Editar
o
Mostrar/Ocultar Comentários
t
Ir para o Topo
l
Ir para o login
h
Mostrar / Esconder ajuda
shift + esc
Cancelar