• empresaQuem Somos


    Conversa Sustentável é uma empresa  de consultoria e assessoria mercadológica em comunicação para sustentabilidade. Atuamos por meio de uma plataforma de conteúdos exclusivos que conecta pessoas que acreditam que é possível construir um mundo melhor para vivermos.

    Fundada em 2008 por Vivian Blaso, professora, relações públicas, doutora em ciências sociais, pesquisadora, idealizadora do Cidades Afetivas e artista  a Conversa Sustentável tem como desafio contribuir com pessoas e organizações buscam a sustentabilidade.

    Nossos valores estão ancorados na complexidade, ecologia, ética, transparência e responsabilidade socioambiental. Acreditamos que aproximar é a palavra que traduz o nosso trabalho, porque somos uma empresa que atua com a transdiciplinaridade e a conexão de saberes norteados pela tríade: comunicação-pessoas-sustentabilidade.

    O embrião da empresa foi o blog conversasustentavel.blogspot.com, que fomenta e divulga práticas sustentáveis à sociedade por meio de entrevistas, matérias, artigos científicos e opiniões de especialistas de diversas áreas do conhecimento, porque valorizamos a diversidade e a complexidade das culturas.

    Nossos principais clientes: Centro Sebrae Sustentabilidade, Itaú, Porto Seguro, Instituto Jatobás, Ornare, CBCS – Conselho Brasileiro de Construção Sustentável, C&C Casa e Construção.

     

Últimos Posts

  • Cidades afetivas uma via ecológica para o bem-viver Por Vivian Aparecida Blaso Souza Soares César, Sydney Cincotto Junior e Valmir Martins de Oliveira

  • 3 abr

    ARTIGO publicado na Revista @eMetrópolis
    RESUMO

    O desafio contemporâneo do “homo urbanus” é encontrar outras vias de sociabilidade capazes de regenerar a vida que se encontra intoxicada-hiperconectada-saturada. As promessas de um capitalismo sustentável e uma vida smart governada pelo uso das tecnologias não parecem ser capazes de propiciar mais qualidade de vida, equidade, segurança, acessibilidade e convivialidade nas cidades. O decrescimento sereno e as políticas do bem-viver vão na contramão do admirável mundo novo prometido pela tríade: vida smart, economia verde, desenvolvimento sustentável. Cidades afetivas requerem novas formas de convivialidade como slow food, economia solidária/colaborativa, mandatos coletivos para o bem viver.

    Palavras-chave: Cidades afetivas; Bem-viver; Pensamento complexo; Convivialismo.
    Acesse na íntegra:emetropolis32_art3

    Artigo: Cidades Afetivas

     
  • c
    Compor novo post
    j
    Próximo post/próximo comentário
    k
    Post anterior/comentário anterior
    r
    Responder
    e
    Editar
    o
    Mostrar/Ocultar Comentários
    t
    Ir para o Topo
    l
    Ir para o login
    h
    Mostrar / Esconder ajuda
    shift + esc
    Cancelar