Atualizações de maio 2013 Ativar/desativar aninhamento de comentários | Teclas de atalho

  • 6 maio

    Brasil recebe Fórum Global de Nutrição Infantil em maio 

    O ‘Global Child Nutrition Forum’ (GCNF, na sigla em inglês), o principal encontro global para discussão de políticas de alimentação escolar, realiza sua 15ª edição no complexo da Costa do Sauípe, Bahia, entre 20 e 24 de maio de 2013. Organizado pela Global Child Nutrition Foundation (Fundação Global para a Nutrição Infantil), o encontro de 2013 tem como co-anfitrião o Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos (PMA).
    Com o tema “Alimentação Escolar, Um Investimento Nacional: Como Alcançá-lo”, o GCNF acontece pela primeira vez no Brasil, e pela primeira vez fora da África ou dos Estados Unidos. São esperados cerca de 300 representantes de mais de 30 países, incluindo ministros de estado, especialistas e representantes do setor privado e da sociedade civil.
    “O fórum terá grande importância para o desenvolvimento de programas de alimentação escolar, especialmente em países africanos”, disse Daniel Balaban, diretor do Centro de Excelência contra a Fome. Ele completa, dizendo que “alimentação escolar, para o PMA, é uma importante rede de proteção social, com múltiplos benefícios”.
    O Centro de Excelência contra a Fome do PMA, baseado em Brasília, busca responder a demandas de diferentes nações por apoio ao fortalecimento de suas capacidades para estabelecer políticas sustentáveis de alimentação escolar, assim como outros programas de combate à fome, e para partilhar conhecimento global nesses campos.
    A programação atualizada e as instruções para inscrição estão disponíveis em http://www.gcnf2013.org. Jornalistas interessados devem confirmar sua participação, já que o complexo é fechado para o público em geral. Para inscrições de imprensa, os jornalistas devem escrever para press@gcnf2013.org
    O PMA é a maior agência humanitária do mundo no combate à fome. Todos os anos, o PMA alimenta mais de 90 milhões de pessoas em mais de 70 países.
    Para mais informações, por favor contate (email: nome.sobrenome@wfp.org):
    o   Marcio Kameoka, PMA/Brasilia, Tel. 61 2913 8513, Mob. 61 9260 9835 (marcio.kameoka@wfp.org)
    o   Alejandro Lopez-Chicheri, WFP/Latin America and the Caribbean, Tel. +507 317-3900, Cel. +507 6671-5355
    o   Elio Rujano, WFP/Latin America and the Caribbean, Tel. +507 317-3900, Cel. +507 6677-0608
     
  • 2 maio

    Ministério da Integração Nacional elabora estudo para expandir a irrigação no Brasil 

     Trabalho terá como foco a água como bem público sob a ótica da sustentabilidade ambiental com responsabilidade social

    Brasília, 30/4/2013 – Para identificar as áreas e as culturas com potencial para irrigação no país, o Ministério da Integração Nacional vai elaborar um Plano Diretor Nacional de Irrigação. O estudo, coordenado pela Secretaria Nacional de Irrigação (Senir), terá um papel estratégico na formulação de políticas públicas setoriais de agricultura irrigada, aliando aumento da produção de alimentos e sustentabilidade ambiental, com o uso responsável da água. 
    Intitulado Tendências e Oportunidades da Agricultura Irrigada no Brasil, esse Plano Diretor é uma das principais ferramentas para a implementação da Política Nacional de Irrigação, aprovada no começo deste ano pelo Congresso Nacional e sancionada pela presidenta da República, Dilma Rousseff. Serão produzidas informações sobre os aspectos legais e institucionais relacionados à agricultura irrigada, como a gestão dos recursos hídricos e dos perímetros públicos de irrigação, as potencialidades da agricultura irrigada e o mercado nacional e internacional da área. 
    De acordo com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, tendo em vista o potencial do Brasil para irrigação, os investimentos nessa atividade podem consolidar o país como potência mundial na produção agrícola sustentável. “Estamos diante de dois desafios, um dele s é aumentar os investimentos em perímetros urbanos e o outro é o de continuar estimulando a iniciativa privada a ampliar a fronteira da área irrigada”, enfatiza.
    Além das questões relacionadas diretamente à irrigação, o levantamento vai cruzar informações de diversos setores da área de infraestrutura, como transportes, produção e distribuição de energia elétrica, armazenamento e estocagem. “O objetivo é orientar a futura atuação do Governo Federal e de governos estaduais e também mostrar qual é o estado da arte projetado para o desenvolvimento da irrigação no Brasil”, ressalta o secretário nacional de Irrigação, Guilherme Orair. 
    Com resultado desse amplo mapeamento, o Governo Federal terá em mãos uma avaliação mais precisa do uso, do potencial e da perspectiva da agricultura irrigada no país. Essa análise também vai subsidiar o planejamento de ações de capacitação, educação, pesquisa,  inovação e expansão da tecnologia. “A elaboração do Plano Diretor vai contribuir para o aumento da oferta de alimentos, para a competitividade da agricultura brasileira e para geração de emprego e renda”, acrescenta o secretário.
    A execução dos trabalhos contará com a participação de profissionais e de empresas contratadas para produzir os documentos que vão compor o Plano, sob supervisão da Senir, em parceria com o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA). A pesquisa terá a duração de 150 dias e deve estar concluída em outubro deste ano.
    Seminário Nacional – Dada a importância do tema para o desenvolvimento da agricultura irrigada no país, a elaboração de Planos Diretores de Irrigação será amplamente discutida durante o II Seminário Nacional de Agricultura Irrigada e Desenvolvimento Sustentável, nos dias 6 e 7 de junho, no Parque de Exposições da Gameleira/Expominas, em Belo Horizonte (MG).  
    O encontro, promovido pelo Ministério da Integração Nacional, vai reunir produtores rurais, gestores municipais e estaduais, além de representantes de instituições públicas e privadas do setor agrícola para debater os desafios da agricultura irrigada para produção de alimentos, de forma sustentável.
    Ministério da Integração Nacional

    Assessoria de Comunicação Social

    Tel.: (61) 2034-5721/5836

     
c
Compor novo post
j
Próximo post/próximo comentário
k
Post anterior/comentário anterior
r
Responder
e
Editar
o
Mostrar/Ocultar Comentários
t
Ir para o Topo
l
Ir para o login
h
Mostrar / Esconder ajuda
shift + esc
Cancelar