Marcado como: COMPLEXIDADE Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • 13 set

    Convite! Lançamento do Livro: Conexões Da Vida. Uma Antropologia da Existência. Edgard de Assis Carvalho 

     
  • 11 jul

    Confira a cobertura completa do evento realizado no IETEC em Belo Horizonte. O que são cidades inteligentes na prática? 

    http://

     
  • 7 jul

    Cobertura Completa do Debate: Homo Consumans nas Cidades em Tempos Sombrios. 

    No contexto polissêmico das cidades não existem fronteiras nítidas entre o homo demens e o homo consumans. “O planeta terra avança à sombra da morte”. Em tempos sombrios é preciso abrir espaços para esperanças, resgatar o sentido de humanidade e dar luminosidade às sombras como proposto por Hannah Arendt em sua obra; “Homens em Tempos Sombrios”. Quais os desafios do homo consumans nas cidades? Este foi o tema do debate “Homo Consumans nas Cidades em Tempos Sombrios” realizado entre os pesquisadores: Fábio Mariano Borges doutor em sociologia do consumo pela PUC/SP atua há 25 anos com comportamento do consumidor, estudos etnográficos econsumer insights, desenvolvendo estudos acadêmicos e pesquisas de mercado e Vivian Blaso: doutora em antropologia pelo Complexus Núcleo de Estudos da Complexidade na PUC/SP, autora do livro Cidades em Tempos Sombrios. Barbárie ou Civilização. Realizado no dia 29 de junho de 2017 na Livraria da Vila na Alameda Lorena em São Paulo.

     
  • 26 jun

    Na Prática, o que são Cidades Inteligentes? 

    Objetivo

    1 – Discutir o tema essencial no debate atual das cidades inteligentes: a humanização dos seus espaços e suas inter-relações
    2 – Promover uma análise sobre questões da sustentabilidade do planeta e como elas podem ser articuladas de forma a provocar e promover ações ecologicamente mais equilibradas.
    3 – Sensibilizar para as questões éticas e de valores humanos e para uma educação baseada em desenvolvimento sustentável.
    4 – Lançamento do Livro “CIDADES EM TEMPOS SOMBRIOS. BARBÁRIE OU CIVILIZAÇÃO” (Paco Editorial)
    5 – Noite de autógrafosVenha discutir conosco esse tema da atualidade e entender a proposta de cidades criativas e sustentáveis, que fazem uso da tecnologia em seu processo de planejamento com a participação dos cidadãos.

    Neste workshop, teremos o lançamento do livro “Cidades em Tempos Sombrios. Barbárie ou Civilização” , da professora Vivian Blaso, que propõe uma reflexão muito interessante sobre a relação da humanização dos espaços e suas inter-relações.

    Gestores, profissionais e demais interessados por questões como sustentabilidade; meio ambiente e consumo e tecnologias sustentáveis.

    Metodologia

    Esta palestra será desenvolvida por meio de exposição dialogada, com o encerramento aberto ao debate.

    PROGRAMAÇÃO

    03/07/2017

    • Abertura19h
      Recepção e café de relacionamento
    • Palestra19h30
      Abertura
    • Palestra19h40
      Palestrante: Vivian Blaso

      VIVIAN BLASOProfessora na FGV-EAESP e também na FAAP, Mackenzie. currículo

    • Palestra20h30
      Lançamento do Livro – “Cidades em Tempos Sombrios. Bárbarie ou Civilização”
     
  • 12 jun

    Homo Consumas nas Cidades em Tempos Sombrios será o tema do debate entre Fábio Mariano Borges e Vivian Blaso no dia 29 de junho em São Paulo. 

     Nosso desenvolvimento técnico/industrial /urbano degrada a biosfera. Imersas em concreto e colapsada pelo excesso de automóveis, pelo hiperconsumo, pela falta de saneamento, superlotada pelas fugas das guerras e das fomes, na busca pela vida, as cidades agonizam.
    Neste contexto polissêmico das cidades não existem fronteiras nítidas entre o homo demens e o homo consumans. “O planeta terra avança à sombra da morte”. Em tempos sombrios é preciso abrir espaços para esperanças, resgatar o sentido de humanidade e dar luminosidade às sombras como proposto por Hannah Arendt em sua obra; “Homens em Tempos Sombrios”. Quais os desafios do homo consumans nas cidades? Este será o tema do debate “Homo Consumans nas Cidades em Tempos Sombrios” que será realizado entre os pesquisadores: Fábio Mariano Borges doutor em sociologia do consumo pela PUC/SP atua há 25 anos com comportamento do consumidor, estudos etnográficos econsumer insights, desenvolvendo estudos acadêmicos e pesquisas de mercado.e Vivian Blaso: doutora em antropologia pelo Complexus Núcleo de Estudos da Complexidade na PUC/SP, autora do livro Cidades em Tempos Sombrios. Barbárie ou Civilização.
    O debate será realizado no dia 29 de junho, às 19horas na Livraria da Vila na Alameda Lorena. As inscrições são gratuitas e as vagas limitadas. Após o debate haverá sessão de autógrafos com Vivian Blaso, autora do livro: Cidades em Tempos Sombrios. Barbárie ou Civilização publicado pela Paco Editorial.

    Informações para imprensa

    contato@conversasustentavel.com.br

     
  • 2 maio

    Máster Online de Sostenibilidad 

    Recomendo o curso: Máster Online de Sostenibilidad,slider-master-sostenibilidad-2017 excelente oportunidade para praticar espanhol e ainda se integrar a uma forte rede de RSE – Responsabilidade Social da América Latina. Faço parte do corpo docente, leciono o Módulo 5 – Consumo Responsável nas Cidades Inteligentes. A experiência com a turma anterior foi muito gratificante ao término do módulo recebi exercícios teóricos e reflexivos elaborados pelos alunos que entregaram proposta de aplicação dos conceitos apresentados durante o curso nas cidades onde moram. Acesse http://www.cursosderse.com/cursos/master-online-rse-sostenibilidad/

     

     
  • 13 abr

    “Por cidades mais afetivas e humanas” será apresencapa inteiratada durante o Alas – XXXI Congreso Asociación Latinoamericana de Sociología  nos dia 3 – 8 de diciembre de 2017, Montevideo, Uruguay.

    A proposta foi idealizada pelos pesquisadores Sydney Cincotto Junior e Vivian Blaso  do Complexus – Núcleo de Estudos da Complexidade na PUC/SP.

    “Por cidades mais afetivas e humanas” investe na política do bem viver, na direção de uma vida mais democrática, pública, aberta e solidária, em sintonia com a realidade do mundo que não comporta mais as tormentas do crescimento e do lucro obtidos das relações entre capital e trabalho, nem tampouco suporta a ideologia do sujeito empreendedor de si – comandada por uma subjetividade neoliberal, que valoriza o individualismo, o consumismo, a meritocracia e a privatização da vida. Sem ignorar ou negar a realidade dos conflitos inerentes às relações e aos contextos sócio-político-econômicos nos quais estão inseridos, uma cidade afetiva aposta no resgate das relações comunitárias e na arte de viver juntos, que possibilitam aos humanos cuidar uns dos outros, do meio em que vivem, da natureza e, por extensão, de todo planeta.

    Sobre os autores:

    Sydney Cincotto Junior, Doutorando na PUC/SP – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Professor no Centro Universitário Motta

    Ph.D. Vivian Aparecida Blaso Souza Soares César – Professora: Universidade Presbiteriana Mackenzie, Fundação Armando Álvares Penteado e FGVEAESP. Pesquisadora no Complexus – Núcleo de Estudos da Complexidade, PUC/SP, Sócia na Conversa Sustentável.

    Informações para imprensa:

    contato@conversasustentavel.com.br

     

     

     
  • 4 mar

    Responsabilidade Social Empresarial e Sustentabilidade: Reflexões Teóricas e Algumas Práticas no Nordeste Brasileiro 

    Capítulo de livro publicado em 2016 disponível para leitura no link:

    https://issuu.imagescom/eduern/docs/responsabilidade_social_empresarial

    Dados da Publicação:

    ISBN 978-85-7621-095-5                                                                                                               “Responsabilidade Social Empresarial: reflexões teóricas e algumas práticas no nordeste brasileiro”

    Capítulo: “A EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE SUSTENTABILIDADE ? DA CONFERÊNCIA ESTOCOLMO 72 À RIO+ 20”

    Autora: Vivian Aparecida Blaso Souza Soares César

     
  • 14 nov

    Cidades inteligentes: polissemias urbanas e pensamento complexo 

    ACESSE AQUI: Cidades inteligentes: polissemias urbanas e pensamento complexo

    Este trabalho avalia os aspectos da Produção, Consumo e MeioAmbiente durante os periodos marcados pelos alertas da ONU entre 1972-Conferencia de Estocolmo, 2012- Rio +20 e 2015- COP21 em Paris. 0 pensamento complexo de Edgar Morin percorre essa trajetória, em que foram necessários os esforços da religião de saberes: engenharias, tecnologias smarts, comportamento dos consumidores, cidades inteligentes, sustentabilidade, meio ambiente, redes e outros que estao ocultos e que procuramos desvendar. Esstruturado em cinco metatemas:Sustentabilidade, que discorre sobre a genealogia do conceito e as dimensoes incorporadas por empresas, govemos, ONU e a sociedade civil; Consumo e Meio Ambiente, que aponta quem é o consumidor na sociedade contemporânea e apresenta como a nossa relação com o consumo foi transformando os nossos modos de viver e habitar; Tecnologias Sustentáveis, Smart Cities e Estilo de Vida nas Cidades lnteligentes,relatados por meio dos estudos de casos e entrevistas com o intuito de apontar o que falta neste percurso para que realmente as tecnologias contribuam com a sustentabilidade nas cidades.Na intenção de ampliar a visão e as percepção dos leitores, utilizamos o recurso da intertextualidade-recursos visuais, infográficos, contos e crônicas, que misturam ficção e fotografias, e o vídeo “Cidades lnteligentes: transformações em curso – para aproximar o leitor das diversas narrativas da sustentabilidade na contemporaneidade.

    Autor: César, Vivian Aparecida Blaso Souza Soares 
    Primeiro orientador: Carvalho, Edgard de Assis

    Acesse o vídeo:

     
  • 29 ago

    Na China o fast fashion está virando coisa do passado 

    As iniciativas para conter a poluição ambiental na China chegaram no universo da moda fast fashion

     
c
Compor novo post
j
Próximo post/próximo comentário
k
Post anterior/comentário anterior
r
Responder
e
Editar
o
Mostrar/Ocultar Comentários
t
Ir para o Topo
l
Ir para o login
h
Mostrar / Esconder ajuda
shift + esc
Cancelar