SOS Mata Atlantica e Instituto Coca-Cola desenvolvem importante projeto pela água

Caros amigos,
Nossa equipe teve a oportunidade de conhecer o projeto Água das Florestas, um trabalho realizado pela ONG SOS Mata Atlântica em parceria com o Instituto Coca-Cola Brasil. O principal objetivo do trabalho piloto é a restauração florestal e sensibilização da comunidade sobre a importância das matas ciliares para o equilíbrio ecológico, sequestro de carbono da atmosfera e principalmente para a produção de água pelos mananciais, através da reconstrução da mata e monitoramento da qualidade das águas em toda a bacia do Ribeirão Piraí, que envolve os municípios de Cabreúva, Jundiaí, Indaiatuba, Itu, Itupeva e Salto.
O projeto é realizado exclusivamente em propriedades privadas. Começa pela articulação dos ambientalistas que utilizam diversos recursos para conscientização dos proprietários rurais sobre o valor do patrimônio biológico na região de grande potencial hídrico, que também possui longo histórico de conflito pela água, uma vez que parte do abastecimento de água da grande São Paulo e outras cidades do interior, provém daquele local.
Quando engajado, é estabelecida uma parceria de trinta anos com o proprietário, que alcança o título de “Produtor de Água” e recebe estímulos financeiros, categorizados como recompensa por serviços ambientais prestados à sociedade, como a preservação das águas e seqüestro de carbono pela propriedade, que se torna uma Área de Preservação Permanente (APP) e pode, futuramente, se tornar uma RPPN, (Reserva Particular de Patrimônio Natural), categoria em que ninguém pode fazer nenhum tipo de alteração na mata, nem mesmo o poder público.
As diretrizes que dão suporte ao projeto em nível público são as legislações ambientais, como o Código Florestal Brasileiro, e tratados relativos ao meio ambiente, como o Protocolo de Kioto, uma vez a propriedade realizará o seqüestro de carbono da atmosfera.
Iniciado recentemente, diversas fazendas já participam do trabalho, e possuem em média de 10% de sua área destinada à recuperação e preservação permanente. Além dos estímulos financeiros, é possível que as fazendas desenvolvam outros modos de gerar renda com a mata preservada, o Ecoturismo, por exemplo, é uma alternativa, uma vez que aquele espaço não poderá ser mais usado para criação de gado ou plantios com fins comerciais.
Segundo a coordenadora do projeto, Maria Luiza Ribeiro (a simpática Malu), especialista em recursos hídricos e coordenadora dos projetos da ONG relacionados à água, mesmo existindo Mata Atlântica em outros 17 estados do país, este local foi designado por ser uma bacia hidrográfica pequena, pelo histórico regional de conflito pela água e pela dívida social gerada por estes fatores, desse modo serviria de laboratório para que os profissionais pudessem verificar as possibilidades de recuperação e viabilidade do projeto. A equipe é integrada por diversos profissionais como biólogos, advogados, geógrafos, entre outros.
Paralelamente, a SOS Mata atlântica possui outros projetos para recuperar as matas ciliares e todo o patrimônio devastado pelo homem, como o Click Arvore e o Florestas do Futuro. Você também pode e deve contribuir com estes nobres trabalhos através do site http://www.sosmataatlantica.org.br
Além desta parceria com a ONG, O Instituto Coca-Cola Brasil, realiza outras ações, como a Semana Otimismo Que Transforma, que acontece uma vez por ano e cuja parte do lucro obtido com produtos Coca-Cola Brasil é destinada aos projetos do Instituto nas áreas de Meio-ambiente e Educação. Confira em http://www.institutococacola.org.br.
E se você também quer se expressar sobre a importância da preservação da água, participe do concurso temático realizado pelo Instituto e pela Camiseteria, basta criar uma estampa de camiseta com o tema “preservação de água” e enviar. As melhores estampas ganham prêmios em dinheiro e produtos Camiseteria.
Para participar acesse: http://www.camiseteria.com/extra_29.aspx . O Prazo de envio de estampas é de 05/04 à 20/05/10.Siga o perfil da campanha em: @semanaotimismo
Por: Filipe Peçanha tel: 11 8901-4339 / 2031-5340Blog: http://tecitura.wordpress.com/