P+L 2010 debate “Economia verde”

A Conferência que acontece em 12 de maio, no Memorial da América Latina, tem por objetivo compartilhar, adquirir conhecimento e propor soluções práticas que podem ser implantadas na capital paulista.Está cada vez mais evidente a preocupação mundial com as questões relacionadas às mudanças climáticas. Assim como a Conferência Internacional de Copenhague, que aconteceu no último mês de dezembro, outras iniciativas para discutir o assunto estão sendo desenvolvidas regionalmente. Exemplo é a Conferência Municipal de Produção Mais Limpa e Mudanças Climáticas, organizada pela Câmara Municipal de São Paulo, que chega este ano à sua 9ª edição.O evento, que é gratuito, reúne especialistas, empresários, representantes do poder público e da iniciativa privada, ONGs, estudantes, professores, jornalistas e cidadãos interessados em debater sobre temas específicos, que fazem parte das grandes preocupações da metrópole. É uma oportunidade única para interagir com um público interessado em conhecer tendências, novas tecnologias, produtos e serviços alinhados aos parâmetros da sustentabilidade. Cases que mostram resultados práticos aplicados ao mundo dos negócios são apresentados por empresas e entidades, em painéis e na área de exposição.

Organizada pelo vereador Gilberto Natalini, a Conferência é inspirada no conceito de “produção limpa” defendido pela ONU, que tem por objetivo incentivar estratégias de desenvolvimento baseadas na sustentabilidade. Isso é fazer mais e melhor com menos impacto ambiental. O evento é uma iniciativa pioneira para promover a conscientização e mostrar mais uma vez o potencial de São Paulo para discutir e implantar políticas inovadoras.Já foram discutidos temas como etanol, gestão ambiental e impacto das mudanças climáticas na saúde e esse ano será debatido “Economia verde frente às mudanças climáticas”. Na programação serão apresentadas alternativas para geração de renda com sustentabilidade, como novas tecnologias e oportunidades de “empregos verdes” no mercado de trabalho.

A Conferência está estruturada com uma palestra magna, Relação entre economia e meio ambiente. O primeiro painel dará um panorama sobre a Contribuição das empresas e do setor econômico na redução das emissões de GEE e com iniciativas para gerar emprego em locais de trabalho verde, o segundo irá tratar da Avaliação do Potencial de Empregos Verdes e o terceiro mostrará iniciativas da Cidade de São Paulo – do global ao local. Ao final da Conferência é apresentada uma Carta de Compromisso, com propostas de ações relacionadas ao tema, que contribuem para a melhoria da qualidade de vida dos paulistanos.
“Essa Conferência, se propõe a apresentar as oportunidades de geração de empregos na transição para uma economia de baixo carbono, estabelecendo uma ligação entre crise econômica, novas tecnologias e oportunidades do mercado de trabalho dentro dos parâmetros da sustentabilidade e sua correlação com as mudanças climáticas. Procuramos atingir todo tipo de público – população, leigos, especialistas, profissionais liberais, imprensa, educadores, estudantes, políticos e empresários e para isso contamos com diversos parceiros e apoiadores que se comprometem a divulgar o evento, por entenderem a sua importância para a cidade de São Paulo”, comenta Gilberto Natalini, autor dessa iniciativa.

Este ano, o evento acontece mais uma vez no Memorial da América Latina, no dia 12 de maio e todos os cidadãos estão convidados a participar. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelos sites: http://www.natalini.com.br http://www.anggulo.com.br
SERVIÇO
9ª Conferência Municipal de Produção Mais Limpa e Mudanças Climáticas Data – 12 de maio de 2010Local – Memorial da América Latina
Horário – 8h00 às 17h00

Informações à imprensa
Jornalista José Cássio
jcassio@hotmail.comFone 11 3396-4405Inscrições: http://www.natalini.com.br