Ethos lança projeto Jogos Limpos para a Copa de 2014 e Olimpíadas de 2016

O projeto está ancorado na ética e foi desenvolvido com objetivo central de prevenção a corrupção com intenção de promover transparência e integridade nos dois maiores eventos esportivos nos próximos 05 anos que acontecerão no Brasil: a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Coordenado pelo Instituto Ethos, o projeto tem a missão de reunir entidades, ONGs, governo, atletas e a sociedade visando um controle social para os órgãos públicos e uma conexão da sociedade dentro e fora do campo. Essa iniciativa recebeu o aporte U$$ 3 milhões da Siemens Integrity Initiative que por sua vez articulou junto ao World Bank este recurso. A empresa, que em 2007 teve problemas relacionados a transparência aposta nessa estratégia para induzir outras organizações a combaterem qualquer forma de corrupção nestes processos.
O Instituto Ethos através da coordenação de comitês de trabalho nas cidades sedes dos eventos e em parceria com a rede de cidades justas e sustentáveis terá sua estratégia focada nos 04 principais setores da economia impactados diretamente com os eventos: Saúde, Construção Civil, Energia e Transporte.
Principais Ações:
Elaboração de Indicadores de Transparência;
Ação voltada para as eleições municipais de 2012, articulando nas cidades – sedes da Copa, compromissos de todos os candidatos com a prestação de contas, a transparência e o controle social sobre os orçamentos e gastos municipais;
Realização de seminários nacionais e regionais sobre integridade e transparência;
Mobilização a 03 projetos de lei: Acesso a Informação, Responsabilização de Pessoas Jurídicas por Atos de Corrupção e o Projeto de Lei sobre a Regulamentação do Lobby.
Mais informações: http://www.ethos.org.br