COMITÊ DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE DA ABRE ADERE AO GLOBAL LANGUAGE FOR PACKAGING AND SUSTAINABILITY

Documento é uma plataforma global para o desenvolvimento sustentável de embalagens
O Comitê de Meio Ambiente e Sustentabilidade da ABRE- Associação Brasileira de Embalagem aderiu ao Global Language for Packaging and Sustainability desenvolvido pelo Consumer Goods Forum.
Este Fórum reúne a expertise e compromisso de empresas atuantes em diferentes áreas que tem como objetivo comum o desenvolvimento sustentável, trazendo através do Language for Packaging uma importante referência internacional para todo o setor produtivo, governo e sociedade.
O documento, uma plataforma global com sistemas e métricas para toda cadeia produtiva de embalagens e bens de consumo, tem como meta orientar e fundamentar decisões para o desenvolvimento sustentável deste setor. Ele também abre caminho para uma cooperação significativa de todas as indústrias brasileiras de embalagem, harmonizando os parâmetros mundiais da Análise de Ciclo de Vida (ACV).
Para a ABRE, a tradução do documento para o português é fundamental para fomentar a sua compreensão, buscando o alinhamento da indústria nacional frente aos conceitos e premissas que vem sendo trabalhados mundialmente para o desenvolvimento sustentável da embalagem e aplicação de ACV, atrelado às diferentes interfaces técnicas, regulatórias e mercadológicas que balizam o desenvolvimento das embalagens no mundo.
Porém, este conhecimento não deve ser restrito ao próprio setor e sim integrado com todos os stakeholders, resultando no entendimento e consequente avanço global das práticas e dinâmicas da sociedade. 
“A ABRE acredita que a condução do tema desenvolvimento sustentável vem se consolidando no Brasil através de inúmeras iniciativas adotadas por empresas, sociedade civil e governo, sendo este o momento ideal para fortalecer os programas em curso alinhando-os aos conceitos internacionalmente trabalhados”, explica Luciana Pellegrino, Diretora Executiva da Associação.
 “Ao traduzir o documento oferecemos ao setor uma linguagem comum que permite uma discussão inteligente e esclarecida sobre o desenvolvimento sustentável de embalagens considerando todo o produto e cadeia produtiva. Em um processo de internacionalização as empresas terão uma referência internacional para tomada de decisões mais consistente”, complementa a executiva.
SOBRE A ABRE
Fundada há 46 anos, a ABRE – Associação Brasileira de Embalagem vem realizando um trabalho primordial para a cadeia produtiva de embalagem no Brasil por meio de suas inúmeras ações, fomentando as atividades desse mercado. 
A Associação, representante de todo o setor – fabricantes de máquinas e equipamentos, fornecedores de matérias-primas e insumos, agências de design, fabricantes de embalagem, indústrias de bens de consumo, redes de varejo, instituições de ensino e entidades setoriais, atua numa ampla gama de atividades através de seus Comitês de Trabalho: Design Estratégico, Meio Ambiente e Sustentabilidade, Normalização Brasileira e Mercosul, Comércio Exterior, Assuntos Estratégicos, Consultivo Legislativo, Educação, Usuários de Embalagem, Segurança Alimentar e o Núcleo de Formação de Competência.
Através de seu incessante e ativo trabalho, a ABRE alcançou importantes conquistas, fruto da representação do setor junto aos órgãos da indústria, do governo estadual e federal e da sociedade como a participação no Grupo de Trabalho Temático de Embalagens (GTT de embalagens) para debate sobre a implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos, grupo designado pelo Governo Federal para discussão e elaboração das propostas no que se referem ao gerenciamento das embalagens pós-consumo e o Pacto Setorial entre a ABRE e o Ministério do Meio Ambiente que visa promover a educação do consumidor, através do emprego da simbologia técnica de descarte seletivo de embalagens e de identificação de materiais. O Pacto é baseado na Cartilha de Diretrizes de Rotulagem Ambiental, que está em sua segunda edição, desenvolvida pelo Comitê de Meio Ambiente e Sustentabilidade da ABRE.
Além disso, a Associação promove o Congresso Brasileiro de Embalagem ABRE, principal evento do setor de embalagens no país, reúne especialistas nacionais e internacionais na discussão dos principais temas de interesse da indústria. Realizado a cada dois anos, em 2012 teve como tema “Co-creative Packaging: o desafio de inovar com o consumidor”.
Também promove o Prêmio ABRE da Embalagem Brasileira, Prêmio Institucional do setor, realizado anualmente premia as embalagens que mais se destacaram durante o ano. A Associação realizou em outubro de 2011 o Fórum Estratégico de Design sob o tema “Consumidor 3.0 – o valor da nova consciência de consumo”. A ABRE é a representante brasileira na World Packaging Organisation (WPO), sendo responsável pelo marketing mundial desta entidade desde 2007 e sediou, em 2005, a entrega do WorldStar for Packaging Excelence, principal prêmio da embalagem mundial.
O Estudo Macroeconômico da Embalagem ABRE-FGV – realizado há 16 anos pelo IBRE/FGV – Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas e coordenado pelo professor Salomão Quadros, com exclusividade para a Entidade, é uma importante ferramenta para as empresas nortearem suas ações e estimular o desenvolvimento econômico do país.
A Entidade oferece assessoria jurídica para associados, um serviço exclusivo para empresas associadas realizado em parceria com o escritório Kanamaru Advogados. Por meio desta parceria, a Kanamaru presta serviços de assessoria jurídica, análise de contratos, bem como pareceres jurídicos referentes às consultas solicitadas. A prestação do serviço acontece em duas horas de atendimento por mês por empresa associada.
A ABRE oferece também a Orientação para Desenvolvimento de Embalagem e Logística que tem como principal objetivo atender empresas que estejam buscando orientação para melhorar a performance de suas embalagens, contribuindo para identificar soluções. O serviço é oferecido para associados por meio de reuniões individuais pré-agendadas para debater dúvidas e problemas.
O Programa Embaixador, lançado em 2012, tem o intuito de ampliar o relacionamento da Entidade com o mercado, manter a comunicação ativa, se consolidando como um provedor de conteúdo relevante compartilhando conhecimento. Ao estar mais próxima do mercado a ABRE harmoniza as relações do setor e valoriza seus associados. Os Embaixadores além de serem os responsáveis por fazer a interface da Entidade com o setor de embalagens levando informações  sobre o trabalho da ABRE, identificam através destas ações as necessidades e anseios do setor, e também são responsáveis por divulgar as ações da Associação perante o governo, auxiliar nas realizações de eventos com indicações de palestras, divulgação para sua rede de contatos, entre outros. 
Projeto Moçambique Brasil é um importante projeto para a Associação que assumiu o compromisso junto ao IPEX – Instituto para a Promoção de Exportações de Moçambique de contribuir para a formação de um Centro de Informações sobre embalagens na língua portuguesa. O Centro tem como meta fomentar o desenvolvimento da sua indústria de embalagens e o melhor atendimento das necessidades da agroindústria e das indústrias de bens de consumo daquele país tendo como foco o  seu desenvolvimento econômico e social.
A Associação  lançou  em 2006 o livro “História da Embalagem no Brasil” reunindo informações para o conhecimento e o estudo da memória empresarial do setor de embalagens no Brasil.
http://www.abre.org.br                                                                               
Informações para imprensa:
DCC Comunicação
Fones: 11. 37913000