Banco Real recebe quatro novas certificações ISO 14001

A agência de Fernando de Noronha (PE) é a primeira da América Latina a obter a certificação. Mais três prédios administrativos – dois em São Paulo e um em Belo Horizonte (MG) – também recebem certificação

O Banco Real, instituição que integra o Grupo Santander Brasil, é mais uma vez reconhecido por seu comprometimento com a sustentabilidade. Neste mês, a agência de Fernando de Noronha, em Pernambuco, e três prédios administrativos – Álvares Penteado e Boa Vista, na capital paulista, e Savassi, em Belo Horizonte (MG) – receberam a certificação ISO 14001, que estabelece diretrizes sobre a gestão ambiental das empresas. Também foram re-certificados os prédios do edifício sede, na Avenida Paulista, da Avenida Brigadeiro Luiz Antônio e da Rua XV de Novembro, todos localizados em São Paulo e certificados pela primeira vez em 2006 e 2007, respectivamente.
“Ganha a sociedade como um todo, pois com este tipo de certificação há a garantia que a organização identifica e controla seus impactos no meio ambiente, bem como está engajada em diminuir seus consumos de recursos naturais”, afirma Alexsandro Paschoal, responsável pelo Sistema de Gestão Ambiental e pelas certificações do Banco Real.
A norma ISO 14001 é reconhecida mundialmente e estabelece uma série de processos a serem adotados pelas organizações, visando minimizar/evitar impactos ao meio ambiente. O escopo da certificação envolve as áreas de manutenção predial (civil, elétrica, mecânica e geral), limpeza, controle de pragas, jardinagem, alimentação, ambulatório médico, segurança predial e gestão de resíduos.
Os benefícios das certificações, que têm validade de três anos e contam com análise anual de auditoria externa realizada pela DQS do Brasil, refletem o empenho do Grupo Santander Brasil na busca pelo aperfeiçoamento da gestão e práticas de sustentabilidade. Além disso, garantem o cumprimento da legislação ambiental pertinente e estimulam o desenvolvimento e compartilhamento de soluções ambientais, capacitando assim toda a cadeia envolvida (clientes, funcionários e fornecedores). De acordo com Alexsandro, “nossa constante atuação sustentável contribui para a construção de uma sociedade melhor e também busca inspirar pessoas a agir de maneira sustentável e empresas a buscar o equilíbrio entre os aspectos sociais, econômicos e ambientais no dia-a-dia de seus negócios”.

Sobre o Grupo Santander Brasil
O Grupo Santander Brasil, que reúne os bancos Santander e Real, em dezembro de 2008 contava com ativos totais de R$ 315 bilhões, R$ 204,3 bilhões de captações totais – R$ 124 bilhões em depósitos e R$ 80,4 bilhões em fundos de investimentos, mais de oito milhões de correntistas ativos e uma rede de 3.592 pontos de venda, entre agências e postos de atendimento.

Sobre o Grupo Santander no mundo
O Santander (SAN.MC, STD.N), com sede em Madri, tem como atividade fundamental o banco de varejo, o qual complementa com desenvolvimentos globais em banco de atacado, cartões, gestão de ativos e seguros. Ao final de 2008, o Santander tinha €1,168 trilhão em ativos administrados de mais de 80 milhões de clientes atendidos em mais de 14 mil agências. Fundado em 1857, o Santander é o primeiro grupo financeiro na Espanha e na América Latina e conta com uma importante presença na Europa Ocidental e no Reino Unido. Em 2008, o Banco obteve um lucro líquido atribuído de € 8,876 bilhões, um crescimento de 9% em relação ao mesmo período de 2007 sem incluir os ganhos extraordinários. Para mais informações, acesse o site http://www.santander.com.
Na América Latina, o Santander é responsável pela gestão de um volume de negócios superior a US$ 200 bilhões (incluindo créditos, depósitos, fundos e patrimônios administrados), por meio de 6.089 agências. Em 2008, o Santander obteve na América Latina um lucro líquido atribuído de € 2,945 bilhões, um aumento de 10% em relação a 2007.