Atualizações de julho 2011 Ativar/desativar aninhamento de comentários | Teclas de atalho

  • 28 jul

    CPFL Energia é premiada pelo Padrão IBEF de Sustentabilidade 

    Empresa acaba de ser reconhecida pela excelência de suas atividades

    e seus avanços na sustentabilidade corporativa

    A CPFL Energia foi uma das empresas premiadas pelo Padrão IBEF de Sustentabilidade, com o case “Blog do Relatório Anual 2009”, na categoria Governança Corporativa. A empresa inovou ao lançar o relatório anual em formato de blog, proporcionando maior interatividade e facilitando a busca de informações no conteúdo. Para avaliar os projetos desta categoria, os jurados adotaram critérios como o nível de excelência aos princípios de equidade, transparência, prestação de contas, ética, cumprimento das leis e responsabilidade socioambiental.

    O Padrão IBEF de Sustentabilidade é um projeto organizado pelo IBEF RJ – Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Rio de Janeiro –, com o objetivo de certificar e premiar empresas e administrações focadas na excelência de suas atividades, estimulando-as a divulgar suas conquistas em sustentabilidade corporativa. A CPFL Energia foi uma das 52 empresas a inscreverem seus cases, divididos nas categorias “Valorização”, “Gestão”, “Governança Corporativa”, “Administração de Conflitos” e “Estrutura da Operação”.

     
  • 26 jul

    SUSTENTABILIDADE – CONVITE – Construções Sustentáveis: cenários e a importância da atuação profissional desde as obras de infraestrutura. 

    A Ornare e a Conversa Sustentável fazem um convite especial para a palestra sobre Construções Sustentáveis no Shopping D&D. Os palestrantes são professores que fazem parte do corpo docente do curso de pós-graduação em Construção Sustentável da FAAP.
    Julho 2011 – O setor imobiliário é responsável pelo consumo de 21% da água tratada, 41% da energia elétrica gerada, gera 65% do lixo e 25% do CO2 equivalente e é o maior consumidor de recursos naturais, daí a importância da conscientização sobre a necessidade de se difundir os edifícios verdes. No Brasil este movimento já se iniciou com a adoção do modelo americano de certificação LEED/USGBC – US Green Building Council e mostra-se como uma forte tendência para os próximos anos. Por isso a Ornare e a Conversa Sustentável convidam o setor para discutir as tendências globais, apontar uma visão de futuro, propor uma grande mudança na forma de pensar e colocar em prática conceitos altamente tecnológicos, que precisam ser incorporados e disseminados aos profissionais do setor. O evento será realizado no dia 03 de agosto e visa o público de arquitetos, engenheiros e especificadores com o intuito de apresentar as tendência e inovações nas construções sustentáveis e uma visão de futuro. Para isso, contará com a participação especial da Profª. Dra. Sasquia Hizuru Obata, falando sobre cenários e visão de futuro, e o Prof. Dr. Pedro José de Lima, tratando da importância da atuação profissional de arquitetos e engenheiros em obras de infraestrutura. Ambos fazem parte do corpo docente do curso de pós-graduação em Construção Sustentável da FAAP.
    Data: 03 de agosto de 2011
    Local: Ornare do Shopping D&D – Av. das Nações Unidas, 12.555 – Lojas 240243
    Horário: 11h
    RSVP: jmarques@ornare.com.br fone: 4615 4253
    RSVP: secretaria@conversasustentavel.com.br fone: 4108 4064

    Informações à Imprensa:

    Conversa Sustentável
    Douglas Lotto
    eventos@conversasustentavel.com.br
    fone: (11) 2501 4064 (11) 9135 3600

     
  • 24 jul

    A sustentabilidade no desenvolvimento imobiliário urbano 

    Sustentabilidade é palavra de ordem em todos os segmentos. Poder público e setor privado se empenham na busca de soluções, mas o que se vê, até então, são resultados pontuais. Mas sustentabilidade não é fato isolado. Não adianta haver empreendimentos sustentáveis se as cidades não forem igualmente sustentáveis.

    Quais são os quesitos para haver sustentabilidade no desenvolvimento urbano? Quais são os parâmetros, como identificá-los e principalmente, como mensurá-los para que se possa ter a noção exata dos resultados obtidos com determinadas ações?

    O Secovi-SP, em parceria com a Fundação Dom Cabral, apresenta o primeiro estudo sobre essa importante matéria no próximo dia 8 de agosto, segunda-feira, na sede do Sindicato.
    Venha conhecer esse inédito trabalho em seminário onde serão apresentados, os conceitos, os temas e os indicadores de sustentabilidade que vão orientar o desenvolvimento das atividades imobiliárias e o desenvolvimento urbano.

    Programa

    Coordenação dos trabalhos:
    Hamilton de França Leite Júnior
    Diretor da vice-presidência de Sustentabilidade do Secovi-SP
    Abertura

    João Crestana
    Presidente do Secovi-SP e da CII/CBIC, reitor da Universidade Secovi

    Claudio Bernardes
    Vice-presidente do Secovi-SP e pró-reitor da Universidade Secovi

    Ciro Scopel
    Vice-presidente de Sustentabilidade do Secovi-SP

    Apresentação dos Indicadores de Sustentabilidade

    Carlos Leite
    Arquiteto e urbanista, consultor internacional de cidades sustentáveis, professor-doutor da Universidade Mackenzie e professor visitante da Fundação Dom Cabral
    Comentários

    Rafael Tello
    Coordenador técnico do Centro de Desenvolvimento da Sustentabilidade na Construção da Fundação Dom Cabral (FDC)
    Debates

    Aron Zylberman
    Socioambiental da Cyrela Brazil Realty

    Newton Figueiredo
    Engenheiro naval e presidente do Grupo SustentaX

    Roberto de Souza
    Doutor em Engenharia pela Escola Politécnica da USP e diretor-presidente do Centro de Tecnologia de Edificações CTE

    Data:
    Segunda-feira, 8 de agosto de 2011
    Horário:
    Credenciamento: 14 horas
    Evento: das 14h30 às 17h30, seguido de coquetel
    Local:
    Sede do Secovi-SP
    Rua Dr. Bacelar, 1.043 – 1º andar
    Vila Mariana – SP
    Estacionamento: Rua Luiz Gois, 2.100

    Informações e reservas
    Telefone (11) 5591-1304 a 1307

    Evento Gratuito

     
  • 22 jul

    Amanhã 23 de Julho – Peça Teatral – É GreenWash, mas um dia amadurece 

    A peça teatral “É GreenWash, mas um dia amadurece”, nascida da parceria entre a Conversa Sustentável e a Cia. Kómus, será apresentada amanhã no VI SARAU CULTURA DE GUARULHOS. O Evento vai acontecer no Teatro Adamastor Pimentas – Universidade Federal de São Paulo em Guarulhos. Início do evento será às 14h com diversas atrações artísticas e a peça será apresentada às 20h30 encerrando o Sarau.

    O Sarau Cultural está em sua sexta edição e todos os anos reúne um público acima de 1000 pessoas na periferia de Guarulhos. São várias apresentações feitas por artístas da própria região. Teatro, Música, Fotografia, Curtas-Metragem, Artes Plásticas, Dança e Poesia… Muita Poesia.

    Local: Teatro Adamastor Pimentas – UNIFESP – Universidade Federal de São Paulo
    Estrada do Caminho Velho, 333, Bairro dos Pimentas – Guarulhos

     
  • 18 jul

    Portal de Consumo Colaborativo – DescolaAí.com 

    O DescolaAí.com possibilita o acesso aos produtos, como as ferramentas para aquele pequeno conserto, o que evita a necessidade de novas compras e aumenta a vida útil dos objetos.

    Quem nunca foi pendurar um único quadro na parede e não tinha um martelo? Ou então comprou uma lixadeira para reformar os móveis e nunca teve tempo de tirá-la da caixa? O portal DescolaAí.com foi desenvolvido para reunir, de forma segura, quem tem um objeto a emprestar a quem precisa de alguma coisa.

    De ferramentas, furadeiras e martelos, até livros, CDs, barracas de camping e outros objetos podem ser disponibilizados ou procurados no primeiro portal brasileiro do gênero. Isso faz com que os produtos possam integrar o banco de dados do site e assim, ser usado por mais pessoas e mais vezes. “Várias vezes compramos coisas que usamos pouco e que acabam até estragando por falta de uso”, comenta o diretor do portal, Gui Brammer. O DescolaAí.com aumenta a vida útil dos produtos.

    Ao acessar o portal e se cadastrar, o usuário pode procurar por um objeto que esteja precisando, como uma furadeira, por exemplo. O sistema realiza uma busca baseada no CEP (Código de Endereçamento Postal) e identifica a pessoa mais próxima geograficamente que possa emprestá-la.

    Assim que a oferta e a demanda são identificadas, o sistema coloca os dois usuários em contato e gera um código de segurança que somente será conhecido por eles, para que se identifiquem. A negociação do valor, o tempo do empréstimo e a entrega serão definidos pelos usuários, nesta etapa do processo.

    Para garantir a segurança do dono do objeto que será emprestado, o sistema registra os dados do cartão de crédito do locatário e estipula um valor – que será usado como caução -, para o caso do produto ser devolvido danificado.

    Após a devolução, o sistema acusa o fim do empréstimo, libera o pagamento para o dono do produto e solicita – a quem emprestou e a quem tomou emprestado – que pontuem a atuação um do outro, de forma a criar um ranking com os usuários do portal mais confiáveis. “O DescolaAí.com possibilita que os produtos não fiquem parados na casa das pessoas e que elas possam ter lucro com eles”, comenta Brammer.

     
  • 15 jul

    SUSTENTABILIDADE ESTÁ PRESENTE NA IDENTIDADE CORPORATIVA DA CONCHA Y TORO 

    Por meio de processos tecnológicos e auditoria severa, a vinícola chilena se mantém em processo contínuo para desenvolver seu crescimento compatível com ações sustentáveis

    A Concha y Toro, representada no país pela VCT Brasil, tem a sustentabilidade como um eixo do plano de negócios da vinícola. O cuidado e a consciência com o meio ambiente estão na gênese da gestão da produção dos vinhos e podem ser percebidos nos três quatro pilares que norteiam a estratégia de sustentabilidade: social, meio ambiente e econômico.

    Pegada de carbono

    Desde 2007 a Concha y Toro verifica a pegada de carbono deixada direta ou indiretamente nos processos de produção e comercialização dos vinhos. Essa estimativa é reportada ao Carbon Disclosure Project, organização do Reino Unido sem fins lucrativos, independente, que reúne dados de informações corporativas e mudança climática no mundo.

    A substituição de garrafas tradicionais por outras mais leves, em toda a linha varietal e Premium do rótulo Casillero del Diablo já comercializadas no Brasil, foi uma das principais medidas adotadas para diminuir a emissão de carbono. À primeira vista, a diferença é imperceptível, no entanto, o novo desenho chamado Ecoglass usa menos vidro e resulta na redução de até 14% no peso das garrafas, dependendo do formato. Portanto, as garrafas leves consomem menos energia em sua produção, reduzindo ao mesmo tempo, o consumo de combustível de transporte.

    Essa medida foi incorporada às práticas da vinícola após uma verificação feita pela PricewaterhouseCoopers, com o objetivo de detectar oportunidades de melhorar as práticas sustentáveis e aumentar o controle da pegada de carbono. O estudo comprovou que as garrafas leves minimizam a emissão de gases, principalmente no escopo indireto, ou seja, no transporte e exportação do vinho.

    Manejo responsável de água

    O compromisso com o meio ambiente levou a Concha y Toro a realizar um primeiro projeto-piloto para estimar a pegada de água da empresa. Esta ferramenta calcula o volume total de água utilizada por processos de produção da empresa e ajuda a formular as melhores estratégias para suavizar o seu impacto ambiental. Com o apoio conjunto da Water Footprint Network e Chile Fundación, a Concha y Toro tornou-se a primeira vinícola no mundo a estimar sua pegada de água.

    O processo começou há um ano e permitiu que a Concha y Toro concluísse sua medição pegada de água com efeitos positivos. Os resultados indicam que a vinícola utiliza 40% menos água do que a quantidade média usada pela indústria mundial para produzir um copo de vinho. Estes resultados são de grande importância já que comprovam que a Concha y Toro registrou uma pegada de água menor que média estimada em regiões como França, Argentina, Austrália, Itália, EUA e Espanha. Além disso, a medição da pegada de água de Concha y Toro foi a primeira iniciativa da indústria de vinho mundial realizado sob a metodologia utilizada Water Footprint Network com assistência técnica por Fundacion Chile.

    Outra medida fundamental é a tecnologia agrícola de irrigação por gotejamento. Desde 1990, a empresa tem procurado sempre o uso mais eficiente da água em seus vinhedos e iniciou uma política de uso extensivo de irrigação por gotejamento. Com essa tecnologia as plantas recebem a quantidade exata de água necessária o que evita a perda de água.

    Projeto de conservação

    Ecossistemas mediterrâneos estão entre os mais ameaçados do planeta. Mais de 41% dessas regiões são agrícolas ou urbanas. A Concha y Toro entende que a indústria do vinho pode desempenhar um papel fundamental para preservação desse ecossistema.

    A Gestão Agrícola da empresa está realizando um grande programa de Utilização Sustentável de Florestas e Áreas Silvestres cujo principal objetivo é a conservação e proteção da mata nativa esclerófitas, patrimônio de Concha y Toro. Trata-se de áreas como colinas e ravinas em que não é realizada gestão agrícola. Este projeto envolve duas fases: conservação e reflorestamento. Os benefícios incluem a conservação da diversidade biológica, a água e o solo, proteção do patrimônio natural e criação de um tanque de carbono como uma fonte de mitigação das alterações climáticas. O projeto se encontra na primeira fase que em 2010 já teve 2.467 hectares certificados pelo Conaf, Nacional Chilena Florestais Corporation, que continua com o processo de registro de outras áres.

    Sobre a VCT Brasil

    A VCT Brasil, filial e distribuidora do Grupo Concha y Toro, representa no País todos os produtos das vinícolas Concha y Toro e Trivento. Fundada em 1883, a Concha y Toro é a principal vinícola chilena e uma das maiores produtoras e exportadoras mundiais de vinho. Seus produtos são comercializados para mais de 135 países e está entre as 10 maiores companhias de vinho do mundo. Possui cerca de 9.300 hectares de vinhedos, o que permite à empresa garantir a qualidade na sua produção de vinho. Entre seus principais rótulos, destacam-se Amelia, Carmín de Peumo, Frontera, Gran Reserva, Sendero, Sunrise, Trio e Terrunyo, com destaque para as premiadas marcas Casillero del Diablo, Don Melchor e Marques de Casa Concha. A Trivento Bodegas y Viñedos é resultado da expansão do Grupo Concha y Toro para a Argentina, em 1996. Com um crescimento superior ao da indústria transandina, a Trivento ocupa a segunda posição no ranking de exportações de vinho argentino. Em seu portfólio estão vinhos como Amado Sur, Brisa de Otoño, Colección Fincas, Eolo, Golden Reserve, Reserva, Tribu e Trivento Espumantes, entre outros.

     
  • 14 jul

    Programa Meio Ambiente Industrial na TV 

    Depois das redes sociais, a RMAI agora também está na TV!

    A RMAI iniciou as gravações de seu programa de TV, que começou a ser veiculado no dia 3 julho de 2011, na TV Aberta São Paulo, canal 9 da NET, e TVA, canal 72, com exibição aos domingos, às 17h00min, e reapresentação na segunda-feira, às 11h30min

    O melhor do conteúdo editorial da Revista Meio Ambiente Industrial agora também está disponível na TV. A RMAI foi ao ar com o programa de televisão “Meio Ambiente Industrial na TV”, no dia 3 de julho de 2011, no qual apresentou sua programação, no período de meia hora, na Net TV (TV aberta São Paulo) canal 9, e TVA, canal 72, aos domingos às 17h00min, com reprise às segundas-feiras, às 11h30min.

    Segundo Julio Tocalino Neto, diretor executivo do RMAI, o programa é dividido em três blocos: o primeiro é composto por telejornalismo, com notícias e fatos relevantes sobre o setor ambiental; o segundo apresenta tecnologias e cases de sucesso na área socioambiental; e o terceiro conta com entrevistas e eventos.

    O programa “Meio Ambiente Industrial na TV” traz mais um importante meio de divulgação para que a empresa e os profissionais que atuam diretamente no setor de Meio Ambiente Industrial divulguem seus produtos e serviços interagindo com um público diferenciado e que está interessado em promover ações estratégicas que ajudem na implementação da sustentabilidade em seus negócios.

    Para Tocalino Neto, a exemplo do conteúdo impresso na RMAI, o programa também é uma excelente vitrine para apresentar as inovações tecnológicas e de gestão de empresas e lideranças envolvidas com os princípios da sustentabilidade. A formatação do programa foi idealizada para que seu conteúdo possa chegar até o público interessado nas questões ambientais de tal forma, que ele possa obter conhecimento e informação, além de se inteirar das mais modernas tecnologias na área.

    “Diante desse novo desafio, será uma satisfação continuar tendo o nosso público não só como leitores, mas, agora, também como telespectadores”, ressalta Tocalino Neto.

    Já estamos recebendo vídeos (DVD), fotos e demais materiais ilustrativos que possam compor a programação. Os materiais devem ser enviados, via correio, para a Rua Padre Manoel Campello, 241 – Perus – SP – CEP 05206-020 – A/C de Gabriela Fonseca.

    Mais informações:

    E-mail: rmaitv@rmai.com.br

    Tels. (11) 3917-2878 / 0800 77 01 449

    Site: http://www.rmai.com.br

     
  • 13 jul

    Conversa Sustentável Projetos, novo canal de relacionamento empresarial 

    Conversa Sustentável Projetos – Um novo canal da Conversa Sustentável exclusivo para empresas que fazem investimentos conscientes em projetos de cultura e sustentabilidade.Atuamos desde a orientação aos nossos clientes pela escolha de projetos sustentáveis a serem patrocinados até o desenvolvimento de projetos customizados com objetivo de proporcionar aos nossos clientes impactos positivos em sua imagem perante a sociedade de acordo com as crenças e valores da organização.

    Conheçam nossos projetos!

    Ecos do Mundo – Cultura e Sustentabilidade
    Eco Festival – Cultura, Musica e Sustentabilidade (Lei Rouanet)
    È Greenwash mas um dia amadurece – Peça Teatral, Cultura e Sustentabilidade

    SBCS11 – Simpósio Brasileiro de Construção Sustentável – Evento sobre Construção Sustentável
    Lançamento do Livro Os 50 + importantes livros em sustentabilidade – Publicação sobre Sustentabilidade

    Marcel Miri Consultoria Esportiva – Eventos Esportivos, Palestras e Cursos

    Parque Mágico – Jogo interativo sobre sustentabilidade

    Mais informações: http://conversasustentavelprojetos.blogspot.com/
    Telefone: 11 2501 4064
     
  • 12 jul

    Conversa com Líderes Sustentáveis – Entrevista com Ricardo Voltolini 

    Ser sustentável não é ser uma “abraçador” de árvores, dez pessoas bem sucedidas em suas carreiras que vivem a sustentabilidade conversam com o jornalista Ricardo Voltolini e contam suas experiências e ações, e mostram que ser sustentável hoje é uma necessidade para sobrevivências no novo mercado. No Sustentabilidade em vídeo de hoje, Voltolini nos conta sobre a criação desta obra, os objetivos e os resultados esperados. Os dez líderes sustentáveis são:
    • Guilherme Peirão Leal
    • Fábio Barbosa
    • Luiz Ernesto Gemignani
    • Franklin Feder
    • Paulo Nigro
    • Kees Kruythoff
    • Héctor Núñes
    • José Luciano Penido
    • Miguel Krigsner
    • José Luiz Alquéres

    Confira um pouco mais na entrevista com Ricardo Voltolini!

     
  • 11 jul

    Participe do SBCS11 – Papel da Construção Sustentável no Desenvolvimento das Cidades 

    Evento abre inscrições e será realizado nos dias 4 e 5 de agosto, sob o tema: “Papel da Construção Sustentável no Desenvolvimento das Cidades”
    Promovido pelo CBCS – Conselho Brasileiro de Construção Sustentável, organização que reúne lideranças empresariais, pesquisadores, consultores e especialistas do setor, o SBCS11 – 4º Simpósio Brasileiro de Construção Sustentável, que será realizado no WTC, em São Paulo, terá como tema o “Papel da Construção Sustentável no Desenvolvimento das Cidades”, ampliando o debate da sustentabilidade em três diferentes escalas: o espaço urbano, os edifícios e a interrelação entre as unidades na edificação de um espaço urbano qualificado.
    A partir do resultado e experiência das três últimas edições, a realização do SBCS11 tem por objetivo discutir formas de avançar na sustentabilidade e qualidade aos espaços urbanos. E trazer para debate a estrutura física das cidades que determina a qualidade de vida dos habitantes que pode ser expressa por meio do microclima, do consumo energético, da gestão de água e de resíduos, na capacidade de adaptação aos eventos climáticos, na garantia da saúde pública e segurança dos habitantes.
    Para tratar do tema Inovação e Realidade: iniciativas, experiências e o negócio no contexto da sustentabilidade já estão confirmadas, para o primeiro dia, 4 de agosto, as presenças de alguns especialistas do setor da construção sustentável, como o professor da Escola Politécnica da USP e coordenador do Comitê Técnico de Materiais do CBCS, Vanderley M. John, que vai abordar como novas aplicações e inovações em materiais já existentes podem contribuir para soluções na construção civil; e do pesquisador do Instituto de Pesquisas Tecnológicas, Sergio Ângulo, que vai discutir sobre as dificuldades das empresas da construção civil e fabricantes de materiais no atendimento à Política Nacional de Resíduos Sólidos.
    Encerrando as atividades do dia, o evento contará com exposições de concursos e palestras empresariais que analisará o ciclo de vida dos produtos, com a apresentação de cases de sucesso. O setor cimentício, estará representado pela Holchim Brasil, por Luiz Otávio Maia Cruz, gerente geral de Produtos, Serviços e Novos Negócios; no de argamassas, pela Saint Gobain Weber Quartzolit, por Paul Houang; no siderúrgico, por Lucila Caselato, gerente de Meio Ambiente do IABr – Instituto do Aço Brasil; e no setor de insumo de água, por Paulo Massato Yoshimoto, diretor Metropolitano da Sabesp. Outros assuntos também serão abordados, como a sustentabilidade na construção de agências bancárias, com Leonardo Batalha Ornellas, e sobre a experiência do Selo Casa Azul, com Mara Luísa Alvim Motta, ambos da Caixa Econômica Federal. Para discutir sobre a gestão de resíduos em canteiros de obras, foi convidado Alexandre Britez, gerente de Qualidade e Desenvolvimento Tecnológico da Cyrela.
    Já no dia 5 de agosto, abre o Painel 1, Integração entre projetos de grande escala e o espaço urbano, o professor da Universidade Nacional de Ciência e Tecnologia de Taiwan, Cheng-Li Cheng, que vai tratar sobre a gestão de água em regiões metropolitanas, o impacto da inserção de projetos de grande escalas e a visibilidade de sistemas de água não potável; a professora e pesquisadora da Universidade de Atenas e do Conselho Europeu sobre Coberturas “Frias”, Afrodite Synnefa, que tratará sobre coberturas “frias”: qualidade térmica do espaço construído e redução do albedo urbano; e do professor da Universidade de Columbia, na Escola de Graduação em Arquitetura, Planejamento e Preservação, Rent Lethco. Urbanista e associado ao Arup, escritório internacional de planejamento urbano e projetos em arquitetura, irá falar sobre mobilidade urbana nas grandes cidades: incentivos e soluções.
    Para discutir sobre Qualidade de vida no espaço urbano, o Painel 2 terá a participação do professor da Faculdade de Medicina da USP, Paulo Saldiva, que vai explicar sobre o impacto das metrópoles na saúde e a qualidade de vida da população; do professor de Engenharia Ambiental EESC – USP, Tadeu Fabrício Malheiros que vai apresentar os indicadores que relacionam o meio ambiente e a saúde pública no ambiente metropolitano; e da professora na LSE- London School of Economics and Political Science) e Núcleo de Estudos da Violência da USP, Nancy das Graças Cardia, que tratará da gestão da segurança nas metrópoles e como o desenho urbano contribui para a garantia de segurança.
    Já no Painel 3, que abordará a RIO+20 e a Construção sustentável, está confirmada a participação de André Corrêa do Lago, diretor do departamento de Meio Ambiente e Temas Especiais, que tratará das mudanças climáticas – o papel do setor de construção civil e as iniciativas e ações brasileiras para adaptação urbana às mudanças climáticas no setor.
    Inscrições e informações para o
    SBCS11 – 4º Simpósio Brasileiro de Construção Sustentável:
    e-mail: faleconosco@sbcs.net.br
    telefones: 11-4191.0665; 11-3869.0791 ou 11-6339.1925
    site SBCS11: http://www.sbcs.net.br
    site CBCS: http://www.cbcs.org.br
    SBCS11 – 4º Simpósio Brasileiro de Construção Sustentável
    Datas: dias 4 e 5 de agosto, quinta e sexta-feira
    Horário: das 14h às 18h30 (dia 4 de agosto) das 8h às 18h (dia 5 de agosto)
    Local: WTC – Avenida das Nações Unidas, 12551. São Paulo.
     
c
Compor novo post
j
Próximo post/próximo comentário
k
Post anterior/comentário anterior
r
Responder
e
Editar
o
Mostrar/Ocultar Comentários
t
Ir para o Topo
l
Ir para o login
h
Mostrar / Esconder ajuda
shift + esc
Cancelar